Segunda de madrugada, apos 5h de viagem em um onibus que nao era leito, cheguei em Praga.

Em Praga, comecei a me sentir na Europa. Afinal, Praga eh uma cidade velha. Este foi o primeiro choque – o contraste com a modernidade de Berlim.

Segundo choque: apesar de ja pertencer a comunidade europeia, a Republica Tcheca ainda nao adotou o euro. Conclusao: me sinto rica nesse lugar. Para dar uma ideia: uma coca-cola custa 2 euros, e 1500 coroas checas. 120 coroas checas = 1,2 reais.

Finalmente, ingles nao eh lah muito comum por aqui. Nem nos pontos turisticos. O que me fez concluir que o motorista do meu onibus devia ser tcheco. Terceiro choque.

5h de viagem e duas cidades tao diferentes. Berlim, nao eh novidade para ninguem, foi totalmente destruida na guerra. Durante toda a guerra, somente 3 bombas cairam em Praga.
E nao houve muita resistencia na ocupacao do territorio, que foi o primeiro a ser ocupado pelos nazistas, antes da ocupacao da Polonia – que deu inicio a guerra. Alias, a piadinha local eh que os tchecos fazem qq coisa para evitar uma guerra. Se a ocupacao eh nazista, viram nazistas. Se eh comunista, viram comunistas. Eh soh vir aqui e ocupar.
Antes da ocupacao da URSS, os tchecos eram majoritariamente catolicos. Atualmente, cerca de 60% da populacao eh ateia. Em contrapartida, a Polonia mesmo apos a longa dominancia sovietica, permanece um pais essencialmente cristao.
Mais um momento historia-curiosidades para vcs 🙂

Anúncios