You are currently browsing the monthly archive for maio 2007.

Exposição "Andar aæamp;quot;

Próxima terça, 05-jun, abrimos ao grande público a exposição coletiva “Andar aí”, com fotos das comunidades do Jamelão e Borda do Mato, ambas pertencentes ao complexo do Andaraí, no Rio. Participo com 5 imagens, dentre outras tantas de outros 6 fotógrafos.

Esse é um trabalho do qual muito me orgulho, não só pela fotografia, mas também pelo cunho social. Subir o morro, participar do cotidiano deles, e me aproximar mais dessa realidade foi gratificante. Estamos também montando uma biblioteca para as comunidades, então se tiver livros didáticos ou infantis, entre em contato.

A expo fica de 06 a 29 de junho, na galeria vitrine da ECO (Escola de Comunicação da UFRJ na Praia Vermelha), de segunda a sexta das 9 as 21h. Estão todos convidados, a visita de cada um me deixará ainda mais feliz, e não deixem de registrar sua visita no livro da exposição!!!

Feira de São Cristóvão
Foto de Deise Lima.
Amanhã, 26 de maio, tem varal fotográfico na Feira de São Cristóvão – organizado pelo RioFotoClube (do qual faço parte) – exibindo fotos de diversos fotógrafos e inclusive minhas. Todas sobre a própria feira, desde seus tempos de fora do pavilhão até o atual Centro Luiz Gonzaga de Tradição Nordestina.
O varal rola a partir das 15h até as 24h.
Excelente motivo para quem não conhece a feira, ir visitá-la. Para os que já conhecem, excelente desculpa pra comer um bom sarapatel e sacudir os ossos ao som de um forrózinho.
Espero vocês.

Ter irmã criativa me propicia momentos emocionantes.
Dani Lima me fez sorrir e me orgulhar de minha família com o cordel aí embaixo.
Cordel não, sextilha. Se quiser saber mais sobre estruturas de cordéis, sextilhas e afins, o pessoal do Mais uma dose explica.
E se quiser ler outros cordéis e poesias, visitem o site de Jorge Sales – poeta, cordelista e compositor capixaba. Além de conhecer a obra deste artista, você também pode publicar suas próprias criações na área “Roda de Poesia”, onde a Dani publicou esse cordel\sextilha.

Ah, os dois sites citados nesse post (Mais uma dose e Jorge Sales) são criação de Dani Lima.
Gostaram? Eu agencio esse talento de designer.
Se você tem em mente um sensacional projeto web carecendo de uma brilhante mente criativa para ir em frente, envie um email para essa que vos escreve.

“Cordel para a minha família” – Por Dani Lima.
Uma mãe bem criativa,
Pai que é bem letrado,
à todos na familia
um talento foi dado.
Não posso negar, somos
um clã presenteado.

a história começa
nos tempos da minha vó
que sabia tantos versos
na cabeça dava nó
ela sempre declamava
na rua num fôlego só

Já minha outra avó
tem um dom diferente
na cozinha apronta
de um tudo pra gente
pratos deliciosos
saem do forno quente

Meu tio-avô fazia tudo
desenhava, escrevia.
me escreveu mil cartas
que eu sempre respondia
desenhou os tijolos
que vemos hoje em dia

a irmã da minha mãe
que também foi minha tia
era bem criativa
montava bijouteria
pintava, costurava
artesã, tudo fazia

Mamãe é de inventar
sempre cria novidade
nas festas de criança
com versatilidade
fazia lindos enfeites
pura felicidade

Mas Já o dom do meu pai
é de um tipo bem raro
ele sabe fazer rir
(só quando quer é claro)
se precisa ser sério
temos sim, seu amparo

Minha irmã caçula
é bem inteligente
mas o que faz de melhor
ela faz por trás da lente
tira belos retratos
do céu, do mar, de gente

e quanto à mim, meu dom
virou minha profissão
sei criar e vivo disso
design é minha paixão
só posso agradecer
por meu dom da criação

Protestos políticos na Bélgica ganham um atrativo.
Não sei o que é mais surreal nessa notícia: se é a candidata prometendo sexo oral para seus eleitores ou a versão Second life para os casados e tímidos…

Candidata ao senado belga promete fazer sexo com o eleitorado

PS: Um dia, ainda sai um post aqui sobre o Second Life… Responsável pelas maiores bizarrices internéticas dos últimos tempos. Ou será que estou ficando velha e careta? E tem gente ganhando dinheiro com isso… Não sei mais onde esse mundo vai parar, definitivamente.

Pandora se foi…
É. Abriram a caixa de Pandora, e só nos restou mesmo a esperança de um Pandora globalizado de volta.
O serviço passa a ser só para US citizens. Nem meu zipcode forjado deu jeito. Reconheceram meu IP 😦

Me sinto perdida musicalmente. E revoltada com esse lobby da indústria fonográfica.
Quando vão entender que o mundo mudou e me deixar ouvir minha música quietinha no meu canto usufruindo de um serviço que simplesmente entende meu gosto musical??
Eu já comprei CD’s por causa do Pandora – que me ajudou a descobrir bandas que não conhecia mas adorei. Se pudesse, teria comprado apenas algumas músicas para ouvir quando quiser, no meu ipod, no meu laptop. O mercado mudou. Ao invés de me privar de meus prazeres, deviam tentar adaptar-se e chegar ao século XXI.
Triste, muito triste.

PS: Para quem não entendeu nada, um post antigo aqui.

Aviso: Vídeo de episódio que ainda não passou no Brasil!! Se quiser manter a surpresa, não assista!!

Estou confusa.
Preciso repensar minha análise sobre essa temporada de American Idol.
Blake é simplesmente F-O-D-A, com o perdão da palavra feia.
Transformar esse rockzinho batido de Bon Jovi nisso aí definitivamente não é pra qualquer um.

A parada é Melinda x Blake mesmo. Mudei de idéia.
E aguardem Melinda de roqueira. Simplesmente um surpreendente arraso.
Essa noite Bon Jovi foi tudo. Inclusive o Bon Jovi de coach.

E viciei nesse American Idol mesmo. Tá feia a coisa!!!

Melinda Doolittle.
Difícil tentar descrever. Mas ela me lembra a Nina Simone. Um estilo meio jazz, meio soul, uma voz deslumbrante, interpretações maravilhosas. Muito carisma. E humildade – a mulher arrasa, está simplesmente kilomêtros a frente de qualquer outro participante, e sempre acaba a apresentação com aquela carinha de “será que eles vão gostar?”.
Arrisco dizer desde já, longe da reta final, que ela leva essa temporada do American Idol. E se não levar, não importa. Ela está muito mais pra diva – que só precisava de um espaço – do que para vencedora de American Idol mesmo.

Ah, sim. Eu assisto American Idol. E sou fã!
E esta temporada tem bastante gente interessante, mesmo anos-luz atrás da Melinda.
Blake consegue me fazer repensar minha implicância contra o eletrônico e o hip-hop. O cara é bom.
A Jordin, com seus 17 aninhos e voz linda, surpreende.
A roqueira que eu gostava tanto (e esqueci o nome) e acabo de descobrir que foi eliminada. Mais do que injusto. Ela foi ótima semana passada com “Smile”.

Alguns super estimados: Lakisha e Chris.
A Lakisha é boa, mas não me parece muito autêntica. Me parece só mais uma negona de vozeirão.
E o Chris… simplesmente não vejo muita graça nele.

E não podiam faltar os queridinhos do público… por qualquer outro motivo que não suas vozes: Sanjaya e Haley.
O primeiro no estilo “sou assim meio louco, super hype, vocês vão gostar de mim!”
E a segunda no estilo “sou gostosa, quero ser cantora pop”.
Os dois têm seu valor. Cantar que é bom…. sei não.

E do jeito que a coisa vai, toda quinta-feira será um martírio. 2 da manhã e eu acordada assistindo American Idol. Tsc, tsc.

Um estudo conduzido na Grã-Bretanha pretende precificar amigos, parentes e vizinhos:
“Vê-los um par de vezes por mês traria tanta felicidade quanto ganhar 67 mil libras por ano”.

Agora me diga: você acha que alguém que concebe a proposta para um estudo desses tem a mais vaga idéia do que é essa tal de felicidade? Se como eu, vc acha que não, concorda que esse fato per se invalidaria qualquer conclusão do bendito estudo? Mera lógica 🙂

Sempre que vejo essas pesquisas de cientistas sei lá de onde, me pergunto porque diabos alguém perde tempo fazendo isso… Vai ser feliz, porra!!

Para saber mais (e desconsiderando os erros matemáticos da editoria do Globo…):
“Ver os amigos vale um salário de R$30 mil” – diz estudo.

Achado planeta habitável fora do sistema solar

Cientistas descobrem planeta na constelação de libra, a 20,5 anos-luz da Terra, repleto de água, com temperatura variando entre 0 e 40 graus celsius, que orbita em torno de uma estrela vermelha. Propício para investigação de vida extra-terrestre, planejam mandar uma sonda para lá. Esperemos alguns anos-luz e veremos o resultado.
Libriana como sou – daquele tipo que despreza a astrologia mas adora qndo ela inventa uma característica boa pro meu signo – tenho que comentar: tinha que ser na constelação de Libra, né? 🙂

E isso me lembra Carl Sagan em Contato – “são bilhões e bilhões de estrelas. se não houver vida em nenhuma delas, é um grande desperdício de espaço”.
Aproveito e recomendo o livro e o filme. Primeiro leia o livro, depois veja o filme.

Copacabana, princesinha do mar
Copacabana. E a graça da dupla ISO 1600 + abertura máxima. E meu agradecimento a amiga querida Simone, que me incentivou a deixar de lado o preconceito contra as asas altas!!

E um comentário oportuno, tirado diretamente de um bate-papo com a mesma Simone: se o Rio de Janeiro não fosse lindo como é, definitivamente já havíamos (ela, eu, e muitos cariocas por aí) ido embora de vez.
Mas o Rio de Janeiro continua lindo.

De tudo um pouco:

Conheça também:

O Jardim em fotos

Gato do rabo curto.

Vitórias Régias.

Vendedor de igarapé

Mais fotos

Por onde viajo…

maio 2007
D S T Q Q S S
« abr   jun »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031