You are currently browsing the daily archive for 3 abril, 2008.

Investimento.
Taí um bom investimento. Um quarto de hotel em Londres.
Sexta-feira santa, cheguei lá, o hotel não tinha registro da minha reserva feita do Brasil, e não haviam mais quartos disponíveis. Achar um quarto de hotel àquela altura não foi tarefa fácil. Certamente, há demanda.

É fácil. 300 mil libras e você faz dinheiro enquanto outros dormem no seu quarto.
Acho que vou comprar três.

Anúncios

Bike Rental.
Funciona assim: você liga pro número que aparece na placa e que identifica esse ponto. Escolhe a opção que solta uma bike. Digita seu número de cartão de crédito. Pedala, pedala, pedala e quando cansa devolve a bike em algum outro ponto espalhado pela cidade ligando pro número da placa e escolhendo a opção que prende a bike.

É genial. Pena que eu não falo alemão. Até achei que havia identificado um ‘nein’ (nove), mas apertei o nove e nada aconteceu.
Pra ser perfeito só falta ter menu de PABX em inglês 🙂 De toda forma, fica a dica para quando você for a Munique.

(de Deise perdida para moço de cara feia, em Waterloo – estação de trem de Londres)
– De qual plataforma sai o trem para South Hampton?
– O de 07:35 ou o de 07:38?

Existe algo mais britânico que isso?
Detalhe: o de 07:38 era 6min mais rápido. Precisei então escolher se queria chegar as 08:55 ou as 08:58.

**
Se os ingleses insistem em dirigir do lado esquerdo, porque na escada rolante deve-se ficar à direita?
Muito confuso isso.

**
A Europa (ou grande parte dela) finalmente virou smoking-free: proibido fumar em ambientes fechados.
Eu não deveria celebrar, mas celebro. O velho continente ficou mais civilizado.

**
Foram três hotéis londrinos, e nenhuma alma caridosa para me ajudar com minhas malas. Era casaco caindo pra um lado e cachecol pro outro, mochila nas costas, câmera pendurada e escada acima carregando 30kg de mala. Nem uma perguntinha: “quer ajuda com as malas?”
Foram dois Clubs (leia-se boate) em que moças do banheiro prontamente abriram a torneira, me ofereceram o sabão líquido para eu lavar minhas mãozinhas e ainda ligaram a máquina do vento quente que seca mão. Nunca vi tanta hospitalidade dentro de banheiro.
Tem algo de estranho com aquelas pessoas. Definitivamente.

**
Inúmeras linhas de metrô que te levam pra qualquer canto da cidade é mesmo ótimo. Muito melhor seria se houvesse um acesso a partir da rua pra cada plataforma. Há poucas coisas mais irritantes do que aqueles infindáveis labirintos subterrâneos.

De tudo um pouco:

Conheça também:

O Jardim em fotos

Por onde viajo…

abril 2008
D S T Q Q S S
« mar   maio »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  
Anúncios