You are currently browsing the daily archive for 8 abril, 2008.

Que São Google me ajude a contar para o mundo: a salsa NÃO é um ritmo brasileiro. Nem o merengue.
Salsa ou merengue não são a mesma coisa que samba. Samba é o ritmo genuinamente brasileiro.
Salsa e merengue são ambos ritmos de origem caribenha (não sei exatamente de onde), extremamente populares pela América Latina à exceção do Brasil, onde é dançado eventualmente.
Brasil = samba.
(pedido por carioca cansada de explicar que samba é samba, salsa é salsa)

This post is to warn you that Salsa and merengue are not brazilian musical styles. Samba is the genuine brazilian rythm and it’s not the same thing as salsa or merengue. While salsa and merengue are extremly popular at other latin america countries, brazilian people listen to\dance it very occasionally. Samba is brazilian. Brazil = samba.
(from a brazilian girl, praying to St. Google for help. if you were also mistaken about salsa and samba, please tell as many friends as you can)

E na ausência de vídeo melhor, vou de Maria Rita em vídeo amador:
(this is samba. sorry for the bad audio)

Anúncios

Assisti ontem o novo longa de Laís Bodanzky.
Tinha simpatizado com o argumento do filme desde que li a primeira nota. “Chega de saudade” usa um baile da terceira idade como cenário para contar a história de seus assíduos frequentadores. O nome me remetendo à bossa nova, tinha Elza Soares cantando no baile, Tônia Carrero no elenco. E eu amei “O bicho de sete cabeças”, queria ver mais dela.

É tão ruim quando me frustro. Pra não contar o filme, digo somente que me incomodaram os cansativos quadros fechados e a abordagem um tanto quanto pessimista da terceira idade. E o sotaque do Paulinho Vilhena – que sotaque era aquele? De Elza Soares, praticamente só se vê a tatuagem – culpa dos tais quadros fechados, e se ouve alguns poucos versos. Na trilha do baile, entrou de tudo menos bossa nova. Aliás, que trilha eclética. Quanto a Tônia, está ótima. Maria Flor e Cássia Kiss também.

O filme é triste e é só saudade. Da brincadeira com o título contraditório, eu gostei.
Passei boa parte do filme imaginando porque Laís não optou por contar a história dos outros frequentadores – os que estavam felizes dançando o tempo todo.
Talvez o problema seja que que não estou em clima para filmes tristes.
Portanto, assista. Vale a pena. Sempre vale. Cinema é a maior diversão.

Nem toda viagem é tão boa, mas viajar é sempre bom. São dias repletos de novidades, novas sinapses, observações, descobertas.

Nessa última, descobri que Bryan Adams virou fotógrafo. Sabe, o Bryan Adams? Ele cantava “Heaven” – minha música predileta de adolescência para chorar no quarto escuro. É, adolescente gosta de música pra chorar – e eu sei que não sou a única, viu?

Estava eu na National Portrait Gallery, em Londres, à espera de uma vaga pra entrar na exposição “Vanity Fair Portraits” quando descobri uma parede com as “musas” de Bryan. Retratos de mulheres famosas (ou nem tanto) bem ordinários. Me fez pensar que talvez como cantora eu tenha mais chances de expor minhas fotos numa galeria dessa porte 🙂

E quanto a exposição da Vanity Fair? Ótima. Pena que a vaga não apareceu, e acabei convencida a tornar-me “member” da National Portrait Gallery comprando um passe que me dá acesso livre a qualquer exposição da galeria pelo próximo ano. A começar pela Vanity Fair. Espertos esses ingleses.

Como não pretendo desfrutar de outros dias londrinos tão cedo, anuncio: se você, querido leitor, vive em Londres e se interessa por fotografia, deixe uma mensagem. O passe da National Portrait Gallery é transferível, está a venda por 30 libras e, além do acesso livre as exposições, também dá 10% de desconto nos produtos da loja.


Recebi de um amigo que sabia que eu ia gostar de ler. E quem não gostaria? Um Ipê-amarelo amante da vida, que não queria ser reduzido a poste. Espero que tenham aprendido algo com o protesto do Ipê lá por Porto Velho.
Obrigada, Cabral 🙂
(clique na imagem para ampliá-la)

De tudo um pouco:

Conheça também:

O Jardim em fotos

Por onde viajo…

abril 2008
D S T Q Q S S
« mar   maio »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  
Anúncios