Tejo
Lisboa me lembrou o Rio. Mas isso é assunto pra outro post.
Importante agora é dizer que o Tejo é lindo. Claro. Azul. Limpo.
E ventava. E velejavam.
Foi uma grata surpresa. Não esperava um rio belo, depois de Sena, Tamisa, o de Praga. O Tibre de Roma é um pouco melhor, verdade.
A foto é da vista da Torre de Belém.
Por lá que descobri que só existe pastel de Belém no bairro de Belém mesmo. E eu achando que encontraria por toda a parte.

E parece que é Téjo.
Já o badejo, não sei se é badêjo ou badéjo. Nem badêjo nem badéjo, é sirigado – me disse minha amiga quase-cearense Simone. Então tá. Bem mais simples assim 🙂

(arranco de varsóvia cantando “badêjo ou badéjo”)

Anúncios