Marquei o encontro para as 18:30 de hoje. Ele chegou na hora, eu uns 5 minutos atrasada.
Subimos. A coisa demorou. Era um tal de “tenta assim”, “não, vamos voltar pro outro jeito”, “é, assim acho que tá indo”, “ih, não, volta de novo”.

– Peraí que eu vou ali na cozinha pegar um arame…
– Donaaaa, donaaaa, dona Deusa? Acho que funcionou!
– Me deixa ver? É parece que tá escoando a água mesmo!!
– É dona Deusa, até que enfim desentupiu, né?

Resolvi encarnar a Dona Deusa mais um pouquinho. Mal não deve fazer.
Desencanada, assinei o papel do serviço como Deise, não Deusa.
– É Deise, moço, não Deusa.
– Ah tá. Carlos, prazer.

🙂

Anúncios