Comer engorda. Dinheiro acaba. TV estraga. Ralo entope. A casa suja. Dormir muito dá sono. Dormir pouco também. Beber dá amnésia. Dançar revigora. Sol dá bom humor. Praia cura qualquer coisa. Maquiagem se tira antes de dormir. Hidratante se passa diariamente. E filtro solar se passa em casa. Chuva e ar condicionado dá gripe. Gripe dá tosse. 10 minutos a mais de sono dá em atraso. Salto alto dá dor na lombar. Caipivodka dá em muita sinceridade. Um pequeno chocolate dá vontade de mais. Preguiça se vence em um instante. Chave é pra se levar sempre ao sair de casa. Dois livros simultâneos é o mesmo que nenhum. Cachaça dá ressaca. O sol se põe a oeste. Vento bom é sudoeste. De chuva, eu não gosto. A não ser que seja chuva de verão. Botas coloridas eu já tenho. Muitos vestidos, calças e blusas de cores diversas também. Casa reformada eu não tenho. Forno só se acende na hora de usar. Vinho dá sinceridade, mas não ressaca. Dor de garganta é a que eu mais odeio. Gelo dá tosse. Muito pão dá em intestino preso. Duas caipivodkas é o limite. Três caipivodkas viram cinco ou seis. Tons pastéis não me caem bem. Nem cabelos curtos. No verão descasco, apesar da morenice. Há que lembrar do filtro solar. Óculos escuro se guarda na caixa, ou arranha. Prendedor de cabelo se prende no pulso, ou se perde. Guarda-chuva se perde de qualquer jeito, então compre o mais barato. Se viajar só, que seja com bom tempo. Se não quer falar, não atenda. Na dúvida, não mande a mensagem. Escrever tarde da noite dá insônia. Cigarro dá alergia. Aquele sapato lindo machuca meu pé. E o selim da bike devo levar comigo. Sempre.

Anúncios