Minha TV quebrou e eu decidi experimentar o silêncio. Até agora, o experimento me rendeu:
+ 327 páginas do excelente “O último judeu” do Noah Gordon, além das pazes com a literatura;
+ a lembrança do medo de janelas que vibram sozinhas;
+ a certeza de que não sou tão amiga do Sr. Silêncio;
+ a lembrança de que do Silêncio que mora na mata eu gosto. saudades dos meus acampamentos;
+ a busca por novas formas de silenciar esse silêncio;
+ a lembrança dolorosa de que não compro mais CD’s desde que me roubaram todos;
+ o impulso que faltava para eu me dedicar a entender como funciona essa coisa de baixar música;
+ um Bit Torrent instalado;
+ uma paixão momentânea pela Bjork;
+ um vício em Amy Winehouse, Cake e Radiohead;
+ uma tentativa de assistir a 4a temporada de House. faltam 184 dias. exercito minha paciência;

Outro dia, um texto mais elaborado sobre minhas experiências com o silêncio. Porque no hay banda. No hay orchestra.

Anúncios