You are currently browsing the monthly archive for outubro 2008.


Apresento Tina – minha bailarina argentina 🙂
Diretamente de Buenos Aires – com escala em Vila Velha – para minha super nova casinha. Presente de irmã. Linda, colorida, bem humorada e dançante. Minha cara 🙂

E ainda me trouxe a lembrança do dia em que eu acreditei em Papai Noel. Foi na casa da Tia Regina. Estávamos todos na sala. Alguém ouviu um barulho, inaudível para meus ouvidos de criança de 4 ou 5 anos. Corremos todos pra janela do quarto. Os adultos correram mais rápido, e ainda tiveram tempo de dar tchau pro Papai Noel que ia embora de trenó. Quando me pegaram no colo, ele já tinha ido. A decepção durou muito pouco, já que em seguida, veio a surpresa: ‘Ele deixou vários presentes!!’. E eis que tinha presente pela casa toda. A Dani ganhou uma Emília de corda e eu, minha primeira bailarina de corda. Não sei onde ela foi parar.

Minha casa, que já tem um quadro para me lembrar Tia Ana, agora terá também uma bailarina para lembrar Tia Regina. Finalmente, minha casa está ganhando ares de lar 🙂 Só me falta decidir o local de destaque para a Tina, e dar um jeito de ir a Vila Velha antes dela virar melhor amiga do Figo – o dálmata :))

+ Meu celular quebrou hoje. Se fosse ontem, acho que teria enlouquecido. Me sinto com sorte.

+ Ontem, sozinha, esperei meus amigos-convidados por 20min no restaurante. Relembrei vários pesadelos afins. Felizmente, todos estavam atrasados.

+ Foram 3 velinhas ontem, 1 hoje, e 6 pedidos. É que na última velinha de ontem, descobri que se tem direito a 3 pedidos e não só um. Na velinha de hoje, esqueci de novo dessa linda regra, e aí acabei só com 6. Está de bom tamanho.

+ A velinha de hoje foi em homenagem a minha velhinha preferida e companheira de celebrações de aniversário, Vovó Sebastiana. 91 pra ela, 31 e 1 dia pra mim. E sempre tive direito a apagar velinhas dois dias seguidos.

+ Refiz os cálculos e fiquei subitamente mais nova: 11253 dias, 270072h, 16204320min, 972259200seg. Ainda assim, é vida pra chuchu.

+ E satisfazendo a curiosidade de meu pai, informo que Wanderley já disfrutou de 26229 dias de vida, espero que muito mais dias bons que ruins. 629496h, 37769760min, 2266185600seg. E me empolguei e fiz as contas da familia toda. Mamãe: 23672 dias; 568128h; 34087680min; 2045260800seg; Dani: 11619 dias; 270072h; 16204320min; 972259200seg; E Vovó, disparado na frente :), com seus 33168 dias; 796032h; 47761920min; 2865715200seg. Haja tempo. Que ainda venham muitos segundos mais, e destes que diversos sejam disfrutados assim em conjunto, todo mundo juntinho 🙂

..há exatos 31 anos e 6,5h. Ou 11616 dias e 13 horas. 16727820min. 1003669200 seg.
E eis que a estrela brilha mais a cada dia. Tanto tempo depois, ainda é uma super nova.
Talvez não seja consenso absoluto que o mundo ficou melhor mas fato incontestável é que ele nunca mais foi o mesmo depois de 21 de outubro de 1977, as 06:30. Eu, pessoalmente, não conhecia o mundo antes dessa data, mas faço parte do time que acha que o mundo ficou melhor, muito melhor, depois dela. E diferente. Um mundo com Deise Lima tem algo de mais especial 🙂

Parabéns pra mim com toda minha humildade pelas minhas 31 primaveras com corpinho de 25 🙂

só porque é linda demais. e porque fez sentido.


Marisa Monte e Julieta Venegas – mexicana de quem virei imediatamente fã.
E obrigada a Flavinha, por me apresentá-la.

“Ilusión”
Uma vez eu tive uma ilusão
E não soube o que fazer
Não soube o que fazer
Com ela
Não soube o que fazer
E ela se foi
Porque eu a deixei
Por que eu a deixei?
Não sei
Eu só sei que ela se foi

Mi corazón desde entonces
La llora diario
No portão
Por ella
no supe que hacer
y se me fue
Porque la deje
¿Por que la deje?
No sé
Solo sé que se me fue

Sei que tudo o que eu queria
Deixei tudo o que eu queria
Porque não me deixei tentar
Vivê-la feliz

É a ilusão de que volte
O que me faça feliz
Faça viver
Por ella no supe que hacer
Y se me fue
Porque la deje
¿Por que la deje?
No sé
Solo sé que se me fue

Sei que tudo o que eu queria
Deixei tudo o que eu queria
Porque não me deixei tentar
Vivê-la feliz
Sei que tudo o que eu queria
Deixei tudo o que eu queria
Porque no me dejo
Tratar de ser la feliz

Porque la deje
¿Por que la deje?
No sé
Solo sé que se me fue

Tô com saudades da Deise que tinha tempo pra escrever no blog, aquela que quando não tinha assunto inventava, de vez em quando contava umas histórias, as vezes aparecia com umas dicas úteis, as vezes só estava de bom humor e queria compartilhar com o mundo.

A Deise do momento ainda inventa assunto, conta história, tem dicas super úteis, vive de bom humor, mas anda exclusiva do mundo real, um pouco ausente do virtual. É o tempo que me falta. Sabe como é, as vezes é preciso trabalhar muito. Nem reclamo, tá bom assim, estou sendo reconhecida e mal me lembro a última vez que gostei de um projeto como gosto desse.

Mas pra matar as saudades de mim mesma, resolvi vim aqui dizer que o verão ainda não chegou, só chove no rio de janeiro, mas eu – mulher a frente do meu tempo – já garanti meu kit de maquiagem Summer Bronze. Um blush que dá um tom bronzeado a pele, sombras verde-água, azul claro, marrom claro, amarelinha, batom cor de boca, gloss pra dar um brilho. Vocês deviam me ver agora, no mundo real. Tá ótima minha make-up summer bronze. Compus com acessórios laranja, por cima de um vestidinho simples e curto. Já me sinto no verão 2009. E já tinha te contado que agora eu amo maquiagem?

Pronto. Deu pra matar as saudades. Boa noite pra vocês. Divirtam-se!

Que a bovespa continue subindo. não aguento mais perder meu mísero dinheirinho.
Que o sol brilhe de novo amanhã. e depois e depois e depois. não aguento mais chuva.
E que a Dani me leve na mala pra Buenos Aires.
E só.

Quero exercer meus deveres de cidadã consciente. Quero doar duas TV’s – que não funcionam – para algum depósito de lixo eletrônico, que as consertem ou reciclem ou re-utilizem suas peças. Na web, só acho depósitos do tipo em São Paulo. Gostaria de um que coletasse os equipamentos aqui em casa mas, dada a dificuldade, já considero levar ao depósito.
Alguém conhece um serviço do tipo, no Rio de Janeiro, para me indicar?
**
Não quero que derrubem árvores para eu ter uma mesa ou um aparador ou um armário. Dou preferência a móveis feitos com madeira de demolição, mais ecológicos e super bonitos. Tenho um armário e um espelho. E sonho com uma mesa linda linda linda.
Eu quero ser ecológica e consciente, mas porque é tão caro?

De tudo um pouco:

Conheça também:

O Jardim em fotos

Por onde viajo…

outubro 2008
D S T Q Q S S
« set   nov »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031