é verão no rio de janeiro, logo: Lapa entupida de gente, samba e batucadas a cada esquina, diversidade de idiomas, ciclovia cheia de desavisados, praias sem espaçinho para mais uma canga, academia na praia, Roda Skol, Fashion Rio, Big Brother.

peguei minha bike, enchi os pneus, vários quase-acidentes pelo caminho em que quase derreti e morri de sede pedalando até o ponto da praia, levei a bike pra areia – experiência adquirida em verões anteriores, fugirei da Lapa pelos próximos fins de semana, começei a dieta, esqueci do filtro solar no meu primeiro dia de sol e não verei Big Brother.

ano vai, ano vem, pouco muda e eu continuo adorando o verão.

* Trilha sonora by Marina:
Vem chegando o verão (ok, já chegou – estou um pouco atrasada)
um calor no coração (e pelo corpo inteiro)
essa magia colorida
são coisas da vida (muito profundo, não?)
não demora muito agora
todas de bundinha de fora
(mais bundões que bundinhas em tempos de Dona Melancia)
topless na areia (nem todo verso é atemporal. Monique Evans virou evangélica e não frequenta mais praia, e a moda do topless foi relâmpago)
virando sereia
essa noite eu quero te ter
toda se ardendo só pra mim!
(pós dia de praia sem filtro, esse verso tomou outro significado pra mim. ou você sempre interpretou ao pé da letra? Será que Marina queria tê-la assim, toda ardida dos pés a cabeça?)
quero sim
essa noite eu quero te teeeer
te envolver, te seduzir…

Anúncios