Tivemos duas Brasílias: uma ‘creme’ que mal me lembro, e uma vinho. Elas se chamavam Gertrudes – eu devo ter herdado do meu pai essa mania de dar nome pra tudo. Depois veio o Gol que ficou por muitos anos. Eu já era bem grandinha quando o Gol virou Fiesta, já nem morava mais com eles quando o Fiesta virou Siena, e hoje em dia é um Ecosport muito fashion. Minha família nunca teve um Fusca, logo não sei explicar porque simpatizo tanto com eles. Não deve ser à toa que o carro sempre foi um sucesso.

Posso ser suspeita pra falar, mas ando apaixonada pelos Fuscas do Fábio Codevilla. Emoldurei esse aí debaixo, amei o resultado, depois posto aqui. E se você também adora um Fusca, tem mais alguns por lá, a partir de R$89.
o besouro verde

Anúncios